Workshop Cultivar a (Auto)Compaixão: via para a felicidade interior e vida valorizada – Conferência Bem-Estar

15.0040.00

Local: Figueira da Foz

Dias: 15 de Maio de 2019

Hora: 14h00-17h00

Programa completo Conferência do Bem-Estar: https://www.ordemdospsicologos.pt/pt/p/conferencia-bem-estar

Limpar
REF: N/A Categoria:

Descrição

Inscrições online encerradas. Inscrições no local, mediante o número de lugares disponíveis  na sala. Mais informações através do email eventosopp@ordemdospsicologos.pt

Formadora:

Paula Castilho

Doutorada em Psicologia Clínica, é Professora Auxiliar na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, onde investiga e ensina na área da psicoterapia clínica. Membro Integrado e Investigadora do Centro de Investigação em Neuropsicologia e Intervenção Cognitivo-Comportamental  (CINEICC), financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (Ministério da Educação, Ciência e Tecnologia), tem estado envolvida em projetos na área das Terapias Cognitivo-Contextuais, com uma ênfase particular nos constructos relacionados com o modelo evolucionário e teoria do ranking social (vergonha, autocriticismo, submissão, comparação social, bloqueios  da (auto)compaixão, entrappment), com a terapia focada na compaixão (TFC) (autocompaixão, compaixão, mentalização) e com a terapia da aceitação e do compromisso (evitamento experiencial, fusão cognitiva, contacto com o momento presente)(ACT). Os estudos que tem levado a cabo incidem sobre diversas populações clínicas, em especial as perturbações da personalidade (Perturbação Borderline da Personalidade), perturbações psicóticas, afetivas (depressão e bipolar) e perturbações do comportamento alimentar (anorexia, bulimia e ingestão compulsiva), e amostras de adultos e adolescentes. Na adolescência tem-se dedicado ao estudo da patoplastia dos comportamentos para-suicidários e mecanismos psicológicos e emocionais associados. Tem colaborado com instituições públicas e privadas em diversos cursos de formação para psicólogos, enfermeiros e psiquiatras sobre psicoterapia cognitivo-comportamental (1ª e 2ª geração) e terapias de terceira geração (TFC e ACT, MBCT, DBT, MSC). É membro e supervisora credenciada da APTCC – Associação Portuguesa de Terapias Comportamentais e Cognitivas, da Associação Portuguesa de Mindfulness, e da Sociedade Portuguesa de Sexologia (creditada como terapeuta sexual). Instrutora (a terminar a credenciação) do Programa Mindful Self-Compassion (MSC; Neff & Germer, 2011) e do Programa Mindfulness para a Redução de Stress (MBSR). É autora de alguns artigos de investigação publicados em revistas nacionais e internacionais nas áreas referidas. As suas atuais áreas de investigações incluem estudos da eficácia de programas de intervenção no ACT e TFC para a Doença Mental Crónica (psicose, bipolar, PBP) e estudos transversais e longitudinais relacionados com variáveis centrais do modelo do ranking social e regulação emocional.

Resumo do Workshop:

Neste workshop os/as participantes tomam consciência das dificuldades que os humanos (cérebro/mente) encontram, momento-a-momento da sua existência, resultante da nossa história evolucionária.  A vida é de facto difícil e desafiante, por isso temos de estar preparados! Através da lente evolucionária os problemas psicológicos são compreendidos, na busca intencional e comprometida de “sermos felizes e vivermos livres de sofrimento”. A (auto)compaixão parece ser uma ferramenta poderosa para a resiliência emocional. No caminho para encontrar o equilíbrio firme e comprometido com a vida que temos e com o que somos, a Atenção Plena (Mindfulness) é o primeiro passo – capacidade de reconhecer pensamentos, sentimentos, impulsos, pensamentos, emoções difíceis (e.g., inadequação, tristeza, raiva, confusão, vergonha) com um espírito gentil de abertura e curiosidade, e o segundo passo, a Autocompaixão envolve abraçar esses pensamentos, sentimentos e emoções difíceis com gentileza, simpatia, compreensão e tolerância, com vista ao seu alívio e aceitação. A extensa e significativa investigação empírica tem mostrado que a autocompaixão e o mindfulness promovem o bem-estar emocional, a flexibilidade e a qualidade de vida. Pretende-se neste espaço de aprendizagem proporcionar o conhecimento e compreensão da natureza da mente humana (cérebro velho e cérebro novo) e sistemas de regulação de afeto e a experienciação de competências para responder de forma gentil, compassiva e mindful quando em sofrimento. Através da discussão, práticas meditativas e exercícios experienciais cada participante terá um contacto pessoal e vivido com a autocompaixão, numa tonalidade consciente, presente e curiosa. Este workshop é relevante para o público em geral, assim como para profissionais de saúde mental.

 

5 euros de cada inscrição na Conferência “Bem-Estar: O que diz a Ciência sobre a felicidade?” revertem para a Associação Helpo, Organização Não Governamental para o Desenvolvimento.

Informação adicional

Categoria

Membro Efectivo, Psicólogo(a) Júnior, Pessoas em situação de desemprego | Estudantes | Orientadores de Ano Profissional Júnior (no último ano 2018-2019), Outros Profissionais


X